Uso adequado da maquiagem para não prejudicar a saúde ocular

Tempo de leitura: 3 minutos

A história da maquiagem começa desde a Idade Média, com o “pó de arroz”, e a contar dessa época, se tornou sucesso absoluto entre mulheres de todo o mundo e de todas as idades. Batons, base, sombras, pó, rímel e inúmeras maquiagens são consumidas em grande escala diariamente.

O que a maioria das pessoas não sabe, é que a maquiagem pode ser uma grande vilã para saúde dos olhos. Pode acontecer de a pessoa ser acostumada com o produto, mas em um determinado momento aparecer alergias e inflamações. Com alguns cuidados, você pode evitar o surgimento de danos à visão. Quer saber quais são os principais problemas que podem ser causados pelos produtos de beleza e como evitá-los? Veja abaixo.

Seus olhos principalmente, merecem atenção especial em relação à maquiagem que é utilizada. Alguns hábitos como dormir de maquiagem, usar pincéis e itens de outras pessoas podem causar diversos danos. Não se esqueça de utilizar os cosméticos somente dentro do prazo de validade, pois fora desse período, os componentes podem trazer problemas.

Sintomas de problemas oculares pelo mau uso da maquiagem

A saúde dos olhos pode ficar comprometida com alergias, inflamações, coceira, olhos lacrimejantes, excesso de secreção ocular. Sensação de queimação, olho seco e areia nos olhos também podem ser alguns sintomas presentes.

Como evitar ?

A maquiagem fabricada dentro dos padrões de qualidade e utilizada dentro do prazo de validade não deve gerar problemas. Mas, você também pode prevenir o aparecimento de doenças atentando-se para alguns cuidados:

  • Nunca durma maquiada. A maquiagem pode obstruir os poros e causar doenças como blefarite e terçol.
  • Use demaquilante adequado para a região dos olhos
  • Cuidado ao retirar a maquiagem, não faça pressão na região ocular e pálpebra. O excesso de força pode causar danos à córnea
  • Não empreste ou use maquiagens emprestadas, especialmente rímel, sombra e lápis de olhos. Esses produtos podem transmitir microorganismos que causam doenças e inflamações
  • Higienize os pincéis pelo menos 1 vez na semana
  • Não utilize produtos vencidos, pois neles há grande concentração de bactérias e fungos
  • Evite que maquiagens ou demaquilantes entrem dentro dos olhos (se isso ocorrer, lave com água corrente)
  • Priorize a limpeza dos cílios (principalmente após utilizar rímel a prova d’água) e a linha branca da pálpebra
  • Use produtos de boa qualidade
  • Lentes de contato

Para evitar vista embaçada ou danos às lentes, preferencialmente elas devem ser colocadas antes da maquiagem e retiradas antes de se demaquilar. Assim, evita-se que resíduos entrem em contato com a lente.

Dicas

Para lavar os pincéis, utilize água e sabão neutro, deixando-os secar naturalmente ou com auxílio de um secador.

É comum em blogs de beleza a dica para colocar soro fisiológico dentro do rímel para prolongar sua vida útil. Esse ato não é indicado por oftalmologistas, uma vez que pode causar irritação ocular e inflamações.

Caso haja irritação ou coceira, pare de utilizar o produto.

Antes de maquiar e demaquilar, esteja com as mãos limpas.

Se possível, utilize produtos hipoalergênicos, que são menos propensos a causar alergias.

Não use maquiagem se estiver com conjuntivite, e descarte os produtos utilizados um pouco antes dos sintomas aparecerem.

Se algum sintoma de alergia ou inflamação ocorrer, agende uma consulta com seu oftalmologista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *