Fotofobia

Tempo de leitura: 2 minutos

O que é a Fotofobia?
Trata-se da sensação de sensibilidade ou intolerância à luz natural ou artificial.
Isso se deve pela recusa da luz pelas células fotorreceptoras da retina, o que
provoca aflição.

A Fotofobia na verdade não é uma doença, e sim um sintoma. E o normal é
que todas pessoas apresentem um certo grau de fotofobia, porém, há
condições em que ela é mais intensa.
O que é importante se observar em uma reação foto fóbica é o tempo de
duração da sensibilidade, a intensidade e o possível fator desencadeante.
Tendo estes fatores sido observados, é possível classificar em Fotofobia
crônica, onde o paciente é afetado por tempo prolongado; ou uma Fotofobia
aguda, que é desencadeada por alguma outra patologia, que ao ser tratada,
pode extinguir o sintoma.
As causas da fotofobia podem ser diversas, e algumas delas podem indicar
uma situação de emergência médica. Por isso, deve-se procurar um médico
para identificar de forma assertiva a causa subjacente.

A Fotofobia sistêmica pode ter origem por:
• Enxaqueca;
• Depressão;
• Albinismo Ocular;
• Meningites;
• Gripes;
• Medicamentos (Anticonvulsivantes, analgésicos ou anti-histamínicos)
• Drogas (Anfetaminas, cocaína)
• Over uso de Lentes de Contato;

A Fotofobia de causas oftalmológicas pode ter origem por:
• Olho seco;
• Doenças da córnea (Ceratocone);
• Lesões na córnea;
• Uveite;
• Conjuntivite;
• Astigmatismo;
• Neurites ótica;
• Glaucoma;
• Calázio;
• Blefarite;
• Esclerite;
• Olhos claros (pigmentação) e pupilas grandes

A Fotofobia tem cura?
Por se tratar de um sintoma, não podemos dizer que tem ou não cura.
O que é correto afirmar é que, se o fator desencadeante da fotofobia for
tratável, há sim a possibilidade de o sintoma desaparecer. Portanto, o
tratamento de uma provável cura vai depender de cada paciente.
Em casos de pacientes que não apresentam uma patologia, mas sim condições
específicas que favorecem o sintoma, como pessoas com olhos claros ou
albinas, o que é feito na verdade é um tratamento para diminuir o desconforto,
já que são pessoas propensas a manter o sintoma por toda a vida.

Como é feito o tratamento?
O tratamento vai depender do diagnóstico. Cada causa, pede um tratamento
específico. Porém, existem algumas formas eficazes de amenizar este sintoma
que se aplicam aos casos mais comuns, como:
• Colírio lubrificante;
• Óculos escuro;
• Óculos polarizado;
• Óculos foto cromáticos;
• Chapéu ou bonés;
• Equilíbrio da luz ambiente (filtros e intensidade e tipo de luz);
• Lentes de contato cosmética (caso de olho claro)
• Uso de óculos de grau;
• Lente de contato especiais;
• Cirurgia refrativa personalizada com regularização da córnea
• Umidificador de ambiente, controle do ar condicionado e ventiladores

Por se tratar de um sintoma, é de grande importância que aos primeiros sinais
de persistência e incômodo, um profissional seja procurado para realizar um
diagnóstico, pois as causas da fotofobia, em alguns casos podem provocar
complicações, causando por exemplo, Cegueira Diurna, também conhecida
como hemeralopia, o que pode influenciar negativamente no seu dia a dia.
O melhor remédio, é sempre a prevenção. Portanto, se você gostou deste
conteúdo, compartilhe com seus amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *