Quais são os principais exames oftalmológicos?

Tempo de leitura: 3 minutos

Como a maioria das consultas de rotina, as visitas ao oftalmologista devem ser anuais para quem possui alterações na visão. Mas quem não apresenta estes problemas também deve ir uma vez ou outra para checar se está tudo bem.

Além de garantir que você está enxergando como deveria, o oftalmologista é responsável por garantir a qualidade da sua visão. Exames oftalmológicos preventivos podem diagnosticar precocemente doenças difíceis de detectar por outros meios.

Os exames variam de acordo com a idade do paciente e da presença de problemas de visão, mas, em geral, incluem vários testes e aparelhos para acompanhar a saúde da visão do paciente. Confira os principais exames oftalmológicos que devem ser realizados:

Teste do Olhinho

Específico para bebês, este é um exame que pode detectar catarata, tumores, hemorragias e algumas doenças comuns em crianças. Em geral, é feito na maternidade, mas também pode ser realizado em consultórios.

Acuidade Visual

Esse é o mais comum de todos. O especialista avalia a dificuldade do paciente em enxergar e informar as letras na parede e, assim, consegue analisar e prescrever o melhor grau para os óculos e/ou identificar possíveis distúrbios na visão.

Biomicroscopia

A biomicroscopia avalia as pálpebras, a parte anterior dos olhos e as condições da conjuntiva.

Biometria Ultrassônica

Neste exame, uma sonda que emite sons em alta frequência é posicionada sobre a superfície da córnea para medir o comprimento axial dos olhos. Após um curto período, o oftalmologista calcula a distância entre as córneas, o que é útil para uma possível cirurgia de catarata.

Campimetria

Para avaliar a visão periférica, o paciente aperta um botão toda vez em que algum ponto surge na tela.

Fundo de Olho

Neste exame, o oftalmologista avalia o nervo óptico, a retina e os vasos que existem nela com um aparelho chamado oftalmoscópio.

Mapeamento da Retina

Requer dilatamento da pupila para avaliar a parte central e periférica da retina.

Pressão Intraocular

Com a ajuda de um aparelho, o oftalmologista checa a pressão interna dos olhos.

Reflexo Pupilar

Com uma lanterna, o especialista observa as possíveis alterações na dilatação da pupila.

Teste de Ishihara

Específico para testes de daltonismo, o paciente informa quais números está vendo nos cartões coloridos que o oftalmologista apresenta.

Avaliação das Vias Lacrimais

Com a ajuda de colírios e materiais específicos, o especialista avalia a quantidade, a permanência no olho e a remoção das lágrimas dos pacientes.

Tonometria

Também mede a pressão do olho, por meio de um aparelho medidor, um aparelho com luz azul ou aparelho com sopro.

A maioria dos exames oftalmológicos é rápida e simples de ser realizada. Eles costumam fazer parte da rotina médica e, a partir deles, é indicado um tratamento específico para cada paciente. Por isso, o médico oftalmologista deve estar sempre atento aos sintomas e resultados de cada paciente. Os exames oftalmológicos podem detectar irritações, inflamações, dificuldades de enxergar com nitidez e até doenças mais graves.

Consulte um oftalmologista regularmente e mantenha a saúde do seu olho em dia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *