Vejo flashes de luzes o tempo todo. O que pode ser ?

Tempo de leitura: 3 minutos

Vejo flashes de luzes o tempo todo. O que pode ser ?Podemos achar que é apenas coisa da nossa cabeça, mas, às vezes, ver flashes nos olhos pode significar um problema na visão. Esse flash de luz, também chamado de “moscas volantes”, é um sinal de descolamento entre o vítreo (substância de consistência gelatinosa que preenche os olhos) e a retina (parte do olho que tem como principal função enviar o estímulo luminoso para o nervo óptico).

A força que essa separação causa pode fazer com que o indivíduo veja esses flashes luminosos por dias ou, até mesmo, por semanas. Eles não são constantes, mas surgem com certa frequência.

Vamos agora falar um pouco sobre o descolamento vítreo e como ele causa essas luzes nos olhos que podem acometer qualquer pessoa!

O que é o vítreo?

Como já foi dito, o vítreo é uma substância viscosa que preenche o globo ocular e que possui 99% de água em sua composição. Esse líquido fica em constante contato com a retina. O descolamento do vítreo com a retina é uma das condições que mais afetam o humor vítreo.

O descolamento pode ser completo, quando ele se separa totalmente da retina, ou parcial, quando ainda existem alguns pontos de contato entre as partes. Normalmente, o descolamento costuma afetar apenas um olho; a condição bilateral, ou seja, nos dois olhos, é bastante rara.

Por que esse descolamento acontece?

Uma das causas do descolamento vítreo é o processo natural do envelhecimento. Com o passar dos anos, o vítreo fica cada vez mais líquido e fluido, por isso, esse descolamento é mais comum em pessoas com idade avançada.

Porém, essa condição pode ocorrer também em pessoas mais jovens, pois outras causas do descolamento estão relacionadas a traumas por acidentes, por complicações cirúrgicas, por miopia e também por um processo inflamatório na região.

Quais os principais sinais e sintomas?

Além dos flashes nos olhos, uma pessoa que está com deslocamento de vítreo pode também ter uma sensação de “peso” nos olhos. Caso esses sinais e sintomas estejam aparecendo, faz-se necessário consultar, o quanto antes, um oftalmologista. Isso porque, não consultar um especialista logo nas primeiras horas que isso ocorrer, pode resultar em problemas permanentes na visão, inclusive cegueira no olho afetado.

Como é feito o tratamento?

Para realizar o tratamento, o primeiro passo é realizar o diagnóstico e identificar a causa do problema. O oftalmologista fará uso de exames como o de fundo ocular e outros como a ecografia ocular para auxiliar o diagnóstico, além do exame físico e da anamnese.

Caso o especialista identifique rasgaduras na retina, será necessária uma correção a laser. Caso seja identificada a presença de sangue no vítreo ou vítreo turvo, é necessária a realização da vitrectomia. Mas se só houver a presença das chamadas moscas volantes, não há a necessidade de realizar cirurgia.

Também pode ser identificado o descolamento da retina e, nesse caso, é necessário realizar uma cirurgia de urgência, já que esse tipo de descolamento pode causar sérios e permanentes danos à visão.

Quer saber mais sobre as doenças que podem afetar a retina? Então baixe o nosso e-Book sobre as doenças que podem afetar essa parte do olho e os respectivos tratamentos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *