Há riscos na Cirurgia a Laser?

Tempo de leitura: 4 minutos

O Brasil possui um sistema de saúde público e que, na teoria, serve como exemplo para inúmeros outros países, de tão bem estruturado que foi e de tamanho o alcance da população como um todo. Apesar de andar mal, ter sua verba diminuída a cada ano e não atender os pacientes como se deve, o SUS (Sistema Único de Saúde) foi bem sucedido em diversas áreas, como no controle de doenças por meio de vacinas e atenção especial a pacientes com doenças incuráveis, como a Aids.

No entanto, muitas áreas não recebem a atenção devida. Este é o caso das doenças com causa nos erros refrativos, que atingem a visão. A refração ocorre quando a luz não chega adequadamente ao globo ocular. Dentre os motivos para a refração, estão o tamanho do globo ocular, meios ópticos opacos e irregularidades na córnea.

Dentre as doenças de erro refrativo, estão a miopia, o astigmatismo, a hipermetropia e a presbiopia. Segundo o relatório “As condições de saúde ocular no Brasil”, publicado em 2015 pelo Conselho Federal de Oftalmologia, entre 22 a 72 milhões de pessoas brasileiras apresenta miopia, 68 milhões de pessoas apresentam hipermetropia e quase 20 milhões de pessoas apresentam presbiopia.

Além de números impressionantes, o mais grave e que essas doenças quando não tratadas podem levar a problemas mais sérios, como a cegueira. Para evitar que o quadro se agrave, a melhor saída é recorrer a cirurgia refrativa, que na região de Goiás pode ser feita na clínica de olhos Camargo Zambrin, em Goiás. Na sequência, você conhecerá os benefícios da cirurgia refrativa.

 

O pré-cirúrgico

 

Antes de fazer a cirurgia refrativa, que pode ser feitaem uma clínica, como a clínica de olhos Camargo Zambrin em Goiás, é necessário fazer alguns procedimentos para que se avalie a situação do olho que irá ser operado.

Dessa forma, a primeira tarefa é realizar uma consulta oftalmológica, na qual o especialista irá verificar as condições do(s) olho(s) a ser operado e pedirá alguns exames, como mapeamento da retina e tomografia de córnea, para saber exatamente como o olho se encontra e com isso se há algum impedimento para a realização da cirurgia, o que costuma ser raro, já que se trata de um procedimento pouco evasivo.

Em muitos casos, o paciente pode optar em conjunto com o médio por realizar uma cirurgia refrativa personalizada. Isso significa que, no momento da cirurgia, os olhos serão tratados de forma personalizada, pois além do grau ser diferente em um olho do outro na grande maioria das vezes, eles também têm características próprias, como tamanho. No entanto, essa personalização só obtida quando o procedimento é feito em lugares de renome, como clínica de olhos Goiás e no hospital de olhos Anápolis.

Feito este procedimento para a preparação da cirurgia, é possível partir para sua realização propriamente dita.

 

Realização da cirurgia

 

O primeiro ponto que deve ficar claro para todos os candidatos a cirurgia refrativa e que o paciente não sente nenhum tipo de dor, independente da cirurgia visar a correção de miopia, astigmatismo, hipermetropia ou presbiopia, pois é feito o uso de um potente colírio analgésico que impede que o paciente sinta qualquer coisa além do desconforto mínimo.

Apesar da cirurgia por natureza oferecer baixíssimo risco em qualquer situação em que seja feita, na clínica de olhos Goiás e no hospital de olhos Anápolis e utilizada a Schwind Amares 750. Trata-se de uma plataforma cirúrgica de última geração, que emite radiação luminosa especial e a capaz de fazer cálculos matemáticos de forma extremamente rápida e precisa, permitindo que a remodelação da córnea seja feita de forma extremamente precisa e os erros de refração sejam corrigidos com precisão milimétrica.

O pós-cirúrgico e um dos mais rápidos existentes. Geralmente, no dia após a cirurgia o paciente pode voltar a fazer suas atividades normais. inclusive assistir televisão e utilizar o computador, sempre com parcimônia. Deve-se ficar atento aos 3 primeiros dias de recuperação, já que é o período que apresenta mais risco ao paciente, mesmo que seja mínimo.

Dessa maneira, são por todos esses motivos que este tipo de cirurgia é recomendado para a correção de miopia, astigmatismo, hipermetropia e presbiopia. Não deixe de realizar consulta oftalmológica na clínica de olhos Goiás e no hospital de olhos Camargo Zambrin de Anápolis, pois conosco você encontrará os melhores profissionais e equipamentos para que sua cirurgia seja um sucesso!

 

 

Leu a matéria e ainda restou alguma dúvida? Deixe o seu comentário logo abaixo

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *