Descubra como os esportes estão descolando a retina de quem pratica atividades físicas!

Tempo de leitura: 4 minutos

A retina é uma fina película localizada no fundo dos olhos, cuja função principal é a formação de imagens. Para isso, ela envia a luz que recebe do ambiente externo para o cérebro em forma de estímulos nervosos. É uma das partes principais que fazem parte da visão humana. O olho e suas estruturas (pupila, íris, cristalino, córnea etc), servem somente para focalizar a imagem recebida para ser formada na retina e ser enviada ao cérebro.

Bom, aqui no blog da Camargo Zambrin nós já tratamos bem esse assunto em matérias anteriores. Mas vale ressaltar a função desta importante região ocular para discutirmos outro assunto que muito vem acontecendo devido o aumento da prática de esportes e atividades físicas: o descolamento de retina ocasionado pelo impacto dos esportes. Quando lesionados, os vasos sanguíneos da retina podem vazar fluídos ou sangue, causando distorções nas imagens que chegam ao cérebro. As lesões podem ser desde um edema de impacto, roturas ou até deslocamentos da retina. Quando a retina se descola da parte que a sustenta, ela para de funcionar. O deslocamento da retina é indolor, porém apresenta sintomas como percepção de imagens irregulares flutuantes ou raios luminosos, visão borrada e perda da visão, que começa em uma parte do campo visual, e à medida que o deslocamento progride, ela aumenta e sem o tratamento imediato, pode causar sequelas e até mesmo a cegueira.

Mas como a rotina de treinos podem descolar a retina?

Esportes que possuem impacto direto sobre o olho, como lutas marciais (boxe e MMA, por exemplo), esportes que utilizam bolas e tacos impulsionados a alta velocidade (como basquete, handebol, vôlei, futebol, tênis, squash etc.), os que envolvem velocidade (natação, atletismo, ginástica) e os que utilizam instrumentos como bolas e tacos impulsionados a alta velocidade já aposentaram muitos atletas antes do tempo por esse motivo.

Chutes, cotoveladas, boladas são os fatores determinantes que põem em risco a integridade da retina. Os atletas que apresentem um grau de miopia avançado, infecções oculares ou que já tiveram traumas oculares são os mais propensos a sofrerem o descolamento durante um treino de impacto. Portanto, o excesso de esforços físicos oferecem sérios riscos à saúde dos olhos.

Quais as formas de prevenção do descolamento de retina?

Os exames oftalmológicos periódicos é a precaução mais aconselhada para evitar o descolamento de retina. A examinação da retina é feita de maneira detalhada. Caso seja identificado alguma alteração ou suspeita de alguma lesão, o praticante esportista é imediatamente encaminhado a um retinólogo especializado (conheça a equipe médica Camargo Zambrin)

Outros problemas…

Além do descolamento de retina, o esporte ainda põe em risco os olhos com algumas doenças por exposição excessiva dos olhos aos raios solares, gerando assim a sensação de corpo estranho, além de dor e irritação. Com o tempo, os olhos sofrem com a degeneração de algumas regiões oculares, como a perda de transparência do cristalino (Catarata) e a Degeneração Macular (área central da retina onde há maior concentração de células responsáveis pela formação da imagem).

Já passei por cirurgias oculares e tive algumas doenças relacionadas à visão. O que fazer?

Atletas com degenerações na retina, cirurgia ocular prévia, lesão ocular prévia, ou qualquer doença ocular, devem se consultar com um médico oftalmologista antes de praticar qualquer atividade física.

Então quer dizer que os esportes podem prejudicar ao invés de ajudar?

A prática de atividades físicas é indispensável a qualquer pessoa, porém não somente os esportes, como também qualquer atitude que há possibilidades de riscos ao corpo, quando feitas sem precaução, pode afetar a integridade da saúde de todo o organismo. Por isso, deve-se tomar medidas preventivas ao expor os olhos a um ambiente externo onde há suor, poeira, raios solares, impactos e riscos de atrito.

Para terminar…

A prática de esportes ou qualquer atividade física é altamente recomendada durante todas as fases da vida, mas deve ser prevenida com alguns métodos, como o uso de protetores oculares, capacetes e máscaras de proteção.

Além disso, recomenda-se realizar exames de rotina com os profissionais especializados em cada tipo de problema relacionado à retina e às demais áreas do globo ocular. Os exames devem ser feitos regularmente por atletas que são expostos à riscos em suas atividades físicas. Identificados precocemente, os problemas visuais podem ser corrigidos mais facilmente.

Por isso, não deixe que seus olhos sejam o motivo para que a sua rotina de vida seja alterada por fatores que podem ser facilmente evitados. Conheça o nosso hospital e agende uma consulta!

Fonte: Revista VejaBem

 

Leu a matéria e ainda restou alguma dúvida? Deixe o seu comentário logo abaixo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *